Governo confirma Sampaio da Nóvoa na UNESCO

Apesar da polémica que gerou dentro dos meios diplomáticos, o Governo liderado por António Costa confirmou já o nome de António Sampaio da Nóvoa como embaixador português junto da UNESCO, um lugar que estava desocupado há vários anos.

“Foi proposta a nomeação de António Manuel Seixas Sampaio da Nóvoa para a chefia permanente de Portugal junto da Organização para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO)”, deu conta o comunicado do Conselho de Ministros de Quinta-feira, que confirmou assim a nomeação portuguesa.

Assim que foi conhecida a nomeação, a Associação Nacional de Diplomatas Portugueses revelou “completa surpresa e estranheza” pela escolha do nome do candidato presidencial em 2016. Manuel Marcelo Curto, embaixador português, disse à Agência Lusa que, “para um posto diplomático, nomeia-se um diplomata”.

Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios Estrangeiros, comentou já estas reacções, dizendo que “a nomeação de embaixadores que não são diplomatas, na tradição portuguesa, que é uma boa tradição, é absolutamente excepcional. Com a sua nomeação, o professor Sampaio da Nóvoa será o único chefe de missão que não é diplomata”.

Descomplicador:

O nome de Sampaio da Nóvoa foi já confirmado pelo Conselho de Ministros como o embaixador de Portugal junto da UNESCO, uma posição desocupada desde há vários anos por decisão do executivo de Pedro Passos Coelho.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *