Cristas “renova” orgulho em Adolfo Mesquita Nunes

A líder do CDS, Assunção Cristas, “renovou” o seu orgulho em Adolfo Mesquita Nunes, seu vice-presidente, após a entrevista de vida concedida ao semanário Expresso, onde assume a sua homossexualidade. Depois da Secretária de Estado, Graça Fonseca, o dirigente do CDS é a segunda figura de topo da politica nacional a assumir a homossexualidade.

“É um dos mais notáveis pensadores da política em Portugal e orgulho-me muito de tê-lo como vice-presidente”, disse a líder do CDS revelando a sua “admiração e orgulho” no dirigente centrista, que em Outubro de 2017 foi candidato às eleições autárquicas na Covilhã, onde tinha abordado este tema.

Assunção Cristas acrescentou ainda que “sabia que o Adolfo daria a entrevista, como soube dos ataques pessoais de que foi alvo na campanha na Covilhã. O Adolfo sempre contou e conta com o meu apoio”, mostrando-se orgulhosa pela “coragem e retitude” do ex-Secretário de Estado.

Na primeira entrevista de vida que concedeu, Adolfo Mesquita Nunes admitiu ao semanário Expresso a sua homossexualidade, que tinha já abordado abertamente durante a campanha autárquica, mas que passou ao lado da comunicação social. O dirigente centrista explica que recusou substituir um cartaz em que alguém escreveu “gay”, tendo explicado à sua equipa que não iria mandar retirar, porque a acusação não era falsa.

Descomplicador:

Adolfo Mesquita Nunes admitiu a sua homossexualidade em entrevista ao semanário Expresso e a líder do CDS, Assunção Cristas “renovou” o seu orgulho e admiração no vice-presidente do CDS, que foi Secretário de Estado no executivo de Passos Coelho.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *