Governo reabre programas de empréstimos para estudantes

O governo vai reabrir os programas de empréstimo para estudantes do Ensino Superior, reabrindo assim uma linha de crédito que está suspensa desde 2015. Até esse ano, mais de 21 mil alunos tinha recorrido a este mecanismo de apoio financeiro.

Manuel Heitor

A informação avançada pelo jornal Público dá conta de que Manuel Heitor, ministro com a tutela do Ensino Superior, prepara-se para relançar a linha de financiamento, embora o valor global não esteja ainda definido.

Do lado dos estudantes, a ideia não é bem vista, sendo preferível uma redução de propinas ou o aumento da bolsa de acção social. Alexandre Amado, presidente da Associação Académica de Coimbra, disse ao Público que o executivo “deve reforçar as bolsas de estudo ou encontrar soluções para diminuir o valor das propinas”.

O sistema de crédito de garantia mútua, funciona com o Estado como fiador, com taxas de juro e de spread mais reduzidas face à oferta tradicional da banca. Para a linha de financiamento avançar, o Estado terá no entanto que reforçar o Fundo de Garantia Mútua. Esta linha de financiamento será dirigida desta vez para mestrados e doutoramentos e não para licenciaturas.

Descomplicador:

O Ministro do Ensino Superior, Manuel Heitor, prepara-se para reactivar a linha de financiamento a jovens estudantes, com o Estado a ficar como fiador de créditos com melhores condições. Desta vez o financiamento é dirigido a mestrados e doutoramentos.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *