Ana Catarina Mendes diz que governo deve ter palavra a dizer no futebol

A Secretária-Geral adjunta do Partido Socialista, Ana Catarina Mendes, disse no seu espaço de comentário na TVI que o governo deve tomar pulso à actual situação no futebol, incitando o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, a chamar os actuais dirigentes para uma conversa.

“Aquilo a que estamos a assistir exige uma resposta de todos os actores e por isso mesmo acho que chegou o momento de também o Governo dizer aos dirigentes desportivos que chega deste espectáculo”, disse Ana Catarina Mendes à TVI24, onde partilha o espaço de comentário com o social-democrata Luis Montenegro.

Para a número dois do Partido Socialista, “chegou o momento de também o Governo dizer aos dirigentes desportivos que chega deste espectáculo”, pedindo a João Paulo Rebelo, secretário de estado com a tutela do desporto, que chame os dirigentes desportivos para “que se serenem os ânimos e que consigamos ter serenidade”.

Luis Montenegro, do PSD, concordou com Ana Catarina Mendes ao considerar que “é necessário aprofundar todo o regime punitivo de atitudes que possam prejudicar a verdade desportiva” e que, “quer o Governo quer o Parlamento devem também acompanhar de perto esta realidade”.

Descomplicador:

Ana Catarina Mendes, número dois do Partido Socialista, considera que é altura de o governo tomar posição sobre o actual estado do futebol em portugal, incitando o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto a chamar os dirigentes desportivos para “serenar os ânimos”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *