Congresso CDS: Nuno Melo encabeça lista às Europeias

Nuno Melo será novamente o cabeça-de-lista do CDS às eleições europeias de 2019, anunciou hoje Assunção Cristas, momentos antes da intervenção do eurodeputado centrista. O CDS tinha já anunciado que vai concorrer sozinho nas próximas eleições europeias.

No actual mandato, Nuno Melo é o único eurodeputado do CDS, depois de nas eleições de 2014 o PSD e o CDS terem concorrido em coligação, com Paulo Rangel como cabeça-de-lista dos sociais-democratas. Nas eleições do próximo ano, Nuno Melo vai encabeçar uma candidatura autónoma.

Nuno Melo foi chamado ao púlpito depois do anúncio da sua recandidatura, tendo tido uma das intervenções mais aplaudidas da tarde. O eurodeputado deixou fortes ataques ao Bloco de Esquerda, pegando no recente tweet de Joana Mortágua, mas acrescentando que, “há quem defenda uma aproximação ao PS. Parece que está na moda. Mas nós não somos o BE da direita”.

O eurodeputado quis ainda deixar “escrito” que o CDS não está “equidistante do PS e do PSD’, e que está ‘mesmo muito distante deste PS”, afastando assim os centristas de acordos com o Partido Socialista, como tem procurado o PSD.

Descomplicador:

Assunção Cristas anunciou durante a tarde a recandidatura de Nuno Melo ao Parlamento Europeu e como cabeça-de-lista de uma candidatura autónoma dos centristas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *