Zuckerberg marca presença no Congresso norte-americano

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, vai marcar presença no congresso dos Estados Unidos da América para falar sobre as questões de privacidade que envolvem esta rede social. Depois de ter recusado deslocar-se ao Reino Unido, Zuckerberg deu o sim ao congresso norte-americano.

Zuckerberg vai prestar esclarecimentos a uma comissão do Congresso norte-americano, não sendo conhecida ainda a data em que o líder do Facebook vai prestar esses esclarecimentos perante a comissão de energia e comércio.

A principal questão colocada será sobre a venda de publicidade a responsáveis russos, na tentativa de influenciar as eleições nos Estados Unidos da América, que nas últimas semanas vieram a público devido ao envolvimento da empresa Cambrigde Analitica.

Antes do congresso norte-americano, já o Parlamento do Reino Unido tinha convocado Mark Zuckerberg, mas o líder do Facebook recusou deslocar-se, enviando em sua representação o responsável de tecnologia da empresa e o chefe do produto. No Reino Unido, as questões colocadas serão sobretudo sobre a fuga de dados de mais de 50 milhões de utilizadores.

Descomplicador:

Mark Zuckerberg vai marcar presença na comissão de energia e de comércio do congresso dos Estados Unidos da América, para esclarecer os representantes norte-americanos sobre a venda de publicidade a responsáveis russos, que possam ter influenciado a eleição de Donald Trump.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *