Movimento de Rui Moreira admite terceiro mandato

O presidente do Porto, o Nosso Movimento, Francisco Ramos, admitiu em entrevista ao Jornal de Noticias, que Rui Moreira se possa candidatar a um terceiro mandato caso não consiga cumprir o seu programa em oito anos.

Francisco Ramos disse que “sabendo que [Rui Moreira] não vai deixar ficar esta missão a meio, estou plenamente convencido que se não conseguir implementar este programa em oito anos, o implementará em 12 anos”, admitindo assim pela primeira vez a possibilidade do atual presidente da autarquia do Porto se candidatar a um terceiro mandato.

O líder do movimento cívico que serve de base à candidatura de Rui Moreira diz que esta decisão pode surgir caso “o PSD e o PS impeçam a governação independente na cidade do Porto”. O PSD e o PSD foram aliás os maiores alvos da entrevista, com Francisco Ramos a acrescentar que “a empresa municipal da cultura é um exemplo flagrante de união entre o PSD e o PS numa matéria em que sempre tiveram opiniões distintas. Essa coligação negativa é um mero xadrez político nacional. Os interesses do Porto estão a ficar subjugados”.

Sobre o Porto, o Nosso Movimento, Francisco Ramos explicou que, “independentemente de todos os méritos da associação, o seu principal protagonista e líder é Rui Moreira. E o título de presidente do Conselho de Fundadores evidencia isso mesmo. A associação quer ser um complemento, não se esgota no presidente da Câmara, nem se extingue com a sua futura saída”.

Descomplicador:

Francisco Ramos, líder do movimento que serve de base à candidatura de Rui Moreira, admite a candidatura do atual presidente da Câmara do Porto a um terceiro mandato caso não consiga cumprir o programa em oito anos.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *