Macron deixa recados a Donald Trump

O presidente francês, Emanuel Macron, deixou recados ao presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, numa entrevista concedida à Fox News. O presidente francês está de visita aos Estados Unidos, com a duração de três dias.

Numa visita com o principal objectivo de reafirmar o compromisso francês com os Estados Unidos da América sobre o ataque à Síria. Macron explicou que tanto ele como Trump são, “provavelmente dissidentes dos sistemas nos dois lados. Acho que a eleição do Presidente Trump foi inesperada no vosso país e provavelmente a minha eleição foi inesperada no meu país. E não fazemos parte do sistema político clássico”, disse o presidente francês na antena da Fox News.

Emanuel Macron considera que o futuro da Síria não pode ficar nas mãos de Bashar al-Assad e que é dever dos países aliados, “construir uma nova Síria depois da guerra” e que os Estados Unidos da América têm um papel importante nessa função.

Apesar do tom cordial, Macron acredita que “se fizeres guerra contra toda a gente, fazes uma guerra comercial contra a China, guerra comercial contra a Europa, guerra na Síria, guerra contra o Irão, vá lá, isso não funciona. Precisas de aliados”, deixou no ar o líder francês.

Descomplicador:

Emanuel Macron, presidente francês, reforçou em entrevista à Fox News o compromisso de França com os Estados Unidos da América, no que toca ao processo da Síria. Ambos os líderes concordam que o futuro não pode pertencer a Assad.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *