Pinho e Sócrates dominam debate quinzenal

Os casos de José Sócrates e de Manuel Pinho dominaram o debate quinzenal com António Costa na Assembleia da República. Só o Pessoas-Animais-Natureza (PAN) não pegou no assunto, que foi lançado para debate por Fernando Negrão, do PSD.

Foi o líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, que lançou a primeira questão a António Costa sobre os casos de corrupção que envolvem Manuel Pinho e José Sócrates. António Costa defendeu-se dizendo estar a ser vítima de “deslealdade parlamentar”, considerando este um assunto do PS e não da sua função de Primeiro-Ministro.

O PCP e o CDS abordaram a abertura do executivo para fazer alterações à lei no que toca ao combate à corrupção e o CDS falou mesmo numa revisão constitucional. O Bloco de Esquerda anunciou a apresentação de projectos que reduzam o sigilo bancário.

A par dos casos de Sócrates e de Manuel Pinho, o tema dos incêndios dominou também o debate, com o Primeiro-Ministro a informar que Portugal vai contar com o apoio de 20 meios aéreos oriundos de Itália, recusando mais uma vez a demissão em caso de tragédias.

Descomplicador:

PSD, PCP, Bloco de Esquerda e CDS pegaram no tema Manuel Pinho e José Sócrates no debate quinzenal na Assembleia da República.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *