Mariano Rajoy chumbou governo da Catalunha

O Primeiro-Ministro espanhol, Mariano Rajoy, vai chumbar o executivo catalão liderado por Quim Torra, por ter ministros detidos e exilados, mantendo assim a aplicação do artigo 155º, que suspende a autonomia da Catalunha.

 

Com o acordo do PSOE e do Ciudadanos, Mariano Rajoy não vai assinar a formação do governo da Catalunha liderado por Quim Torra, por incluir ministros detidos e exilados no seguimento do processo de independência.

Os nomes escolhidos para a pasta do Território e Sustentabilidade e para a pasta da Presidência encontram-se detidos, enquanto o da Cultura e da Saúde estão exilados em Bruxelas. “O presidente da Generalitat desaproveitou uma oportunidade de demonstrar a sua vontade de recuperar a normalidade”, disse Rajoy.

A manutenção do artigo 155º gera no entanto um problema de dualidade de poderes, visto que Quim Torra pode manter-se como presidente da Generalitat, mas terá que governar com ministros indicados por Mariano Rajoy.

Descomplicador:

O Primeiro-Ministro espanhol, Mariano Rajoy, chumbou o governo da Catalunha liderado por Quim Torra e agora pode escolher os ministros que o novo presidente do governo da Catalunha vai liderar.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *