Na última conversa com Costa, Arnaut pedir para “aguentar o SNS”

O Primeiro-Ministro, António Costa, contou nas cerimónia fúnebres, a última conversa que teve com António Arnaut, o fundador do Serviço Nacional de Saúde. “Ó Costa, aguenta lá o SNS”, disse o histórico socialista ao actual Primeiro-Ministro.

António Costa tinha falado recentemente com António Arnaut, para convidar o presidente honorário do PS a estar presente no congresso do partido que vai decorrer este fim-de-semana na Batalha. Arnaut fez saber que estava internado e que a sua presença não era garantida, mas ficaram de falar a meio da semana.

O chefe do governo terá dito a António Arnaut que, “vamos aguentar o SNS, nesta geração e nas próximas gerações porque o SNS veio para ficar e é, seguramente, uma das grandes marcas e grandes dádivas do Portugal de Abril”, em resposta ao pedido do fundador do Serviço Nacional de Saúde.

As cerimónias funebres decorreram na antiga igreja do Convento de São Francisco, onde interveio o Primeiro-Ministro, António Costa e o presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado. O corpo saiu depois de Coimbra para a Figueira da Foz, onde foi cremado.

Descomplicador:

António Costa contou nas cerimónias fúnebres a última conversa que teve com António Arnaut, onde o fundador do Serviço Nacional de Saúde lhe pediu para “aguentar” o SNS. O corpo de António Arnaut foi a cremar na Figueira da Foz.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *