PS não quer noitadas no congresso

O Partido Socialista quer evitar as noitadas no congresso que vai decorrer este fim-de-semana, na Batalha. A organização da reunião magna já divulgou o programa, com o congresso a ter o seu fim previsto para a hora de almoço de Domingo.

Para Sexta-feira, dia 25 de maio, está prevista uma homenagem a Mário Soares a partir das 19h30, seguindo-se a intervenção do Secretário-Geral do PS, António Costa. Depois da intervenção de António Costa os trabalhos devem encerrar.

No Sábado, por norma o dia mais longo, as votações para Presidente do Partido, Mesa do Congresso, Comissão de Verificação de Poderes e Comissão de Honra encerram pelas 10h, com a sessão de abertura a estar prevista para 15m depois, onde serão já anunciados os resultados. Pelas 11h30 começa o debate das moções politicas de orientação nacional, que está previsto encerrar às 18h45.

As moções politicas de orientação nacional serão votadas pelas 19h, hora a que encerra também a entrega das listas para os órgãos nacionais. Os trabalhos encerram com a votação das moções, não existindo assim lugar a noitadas. Ainda durante a hora de almoço de Sábado, vão intervir os convidados internacionais, nomeadamente, Sergei Stanishev, presidente do Partido Socialista Europeu e Pedro Sánchez, líder do PSOE e Carlos Zorrinho, como representante da delegação socialista do Parlamento Europeu.

No Domingo, último dia do congresso, as moções setoriais são apresentadas a partir das 9h45, com a sessão de encerramento e proclamação dos resultados a estar prevista para as 12h. Às 12h45, António Costa volta a dirigir-se ao congresso, para encerrar mais uma reunião magna do Partido Socialista.

Descomplicador:

O Partido Socialista quer evitar noitadas no congresso que vai decorrer este fim-de-semana na Batalha e no Sábado prevê encerrar os trabalhos às 19h. No Domingo, António Costa fala às 12h45, encerrando assim três dias de congresso.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *