Temer fora da corrida às presidenciais no Brasil

O actual presidente interino do Brasil, Michel Temer, já se colocou à margem de uma corrida presidencial, tendo já dado o seu apoio a Fernando Meirelles, caso avance. Temer está há dois anos no cargo, depois do “impeachment” de Dilma Roussef.

O Movimento Democrático Brasileiro, o partido de Michel Temer, formalizou a pré-candidatura de Fernando Meirelles, ex-Ministro da Fazenda, às eleições presidenciais brasileiras, previstas para Outubro deste ano.

O anúncio não podia ter corrido melhor ao Movimento Democrático Brasileiro, com Temer a afastar-se da corrida e a dizer ter “um enorme prazer em dizer de que estarei muito orgulhoso se um dia Meirelles for proclamado, pelo voto popular, como Presidente da República Federativa do Brasil”.

Ainda assim, os partidos têm até Agosto para registar pré-candidatos, podendo indicar mais do que um nome por partido, estando assim em aberto a possibilidade do próprio MDB ainda apresentar outro candidato.

Fernando Meirelles, 72 anos, foi Ministro da Fazenda até Abril e é o nome ligado à saída do Brasil da recessão económica, que em 2015 e 206 fez o país perder sete pontos no Produto Interno Bruto.

Descomplicador:

Michel Temer colocou-se fora da corrida presidencial no Brasil, com a pré-candidatura de Fernando Meirelles pelo Movimento Democrático Brasileiro, o partido de Temer. Ainda assim, os partidos têm até Agosto para registar o nome de pré-candidatos.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *