Municípios vão ter 607 milhões de reforço em fundos europeus

Os municípios vão contar com um reforço de 607 milhões de euros no âmbito do Portugal 2020, o programa de fundos europeus em vigor, devido a uma reprogramação do fundo. Este dinheiro pode ser utilizado em escolas e mobilidade.

A informação foi avançada pela Associação Nacional de Municípios Portugueses, que dá conta de um reforço superior a 600 milhões de euros, no âmbito da reprogramação do Portugal 2020. Estas conclusões foram obtidas numa reunião entre Manuel Machado, presidente da ANMP e da autarquia de Coimbra e o Ministro do Planeamento e das Infraestruturas.

Ainda segundo a Associação Nacional de Municípios, os fundos serão distribuídos da seguinte forma: 260 milhões de euros para o norte, 203 milhões no centro, 108 milhões para o Alentejo, 33 milhões para Lisboa e 3 milhões para o Algarve.

Assim, o executivo consegue promover o investimento em sectores que na primeira fase do Portugal 2020 não foram tão desenvolvidos, reforçando assim a dotação para escolas e vias de acesso a áreas comerciais, bem como nos territórios de baixa densidade, nomeadamente na regeneração urbana e na Proteção Civil.

Descomplicador:

Portugal vai reprogramas os fundos comunitários do Portugal 2020, tendo assim à disposição mais 607 milhões de euros que podem ser utilizados sobretudo em mobilidade e em parques escolares.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *