Militantes do Podemos querem continuidade de Pablo Iglesias

Os militantes do Podemos votaram num referendo interno para decidir sobre a continuidade de Pablo Iglesias na liderança do partido, depois da polémica com a compra de uma casa no valor de 540 mil euros. 70% dos militantes votaram a favor da continuidade de Iglesias.

A pergunta, feita pela app do partido, dizia respeito não só a Pablo Iglesias, como também à sua mulher, Irene Monteiro, que é a porta-voz do partido. “Devem Pablo Iglesias e Irene Monteiro manter-se à frente do Podemos?”, era a pergunta sujeita a plebiscito e que registou 68,4% de votos a favor e 31,6% de votos contra.

Neste referendo digital participaram 189 mil dos 500 mil registados no Podemos, o que, ainda assim, torna esta a votação interna mais participada, tendo em conta que Iglesias tinha sido reeleito líder do Podemos com pouco mais de 155 mil votos.

O referendo foi marcado por Pablo Iglesias depois das constantes polémicas com a compra de uma casa nos arredores de Madrid, pelo valor de 540 mil euros, anos depois de ter criticando o Ministro das Finanças espanhol, Luis de Guindos, por ter adquirido uma casa no valor de 600 mil euros.

Descomplicador:

Pablo Iglesias vai manter-se na liderança do Podemos, em Espanha, depois de o referendo digital que convocou lhe ter dado a vitória por 70%. Neste referendo participaram 189 mil militantes.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *