Autarquias ainda têm 107 milhões para pagar de estádios do Euro 2004

As diversas autarquias com estádios para o Euro 2004 ainda estão a braços com 107 milhões de euros em dívidas. A Câmara Municipal de Leiria lidera a lista, com um “calote” de 34,8 milhões de euros. Catorze anos depois, muitos são os estádios que ainda estão por pagar.

Embora a Câmara de Leiria lidere atualmente a lista, com pouco mais de 34 milhões de euros em dívidas, Braga segue logo atrás com 29 milhões já contabilizados e com processos judiciais que podem aumentar a fatura em 20 milhões.

Ainda na lista de autarquias com estádios do Euro 2004 por pagar encontra-se Coimbra, com 15,7 milhões de euros, seguida por Guimarães, 7,6 milhões. Nos sete milhões encontram-se as Câmaras de Aveiro e do Porto e um pouco mais abaixo surge Faro e Loulé, com seis milhões por pagar do Estádio do Algarve.

A noticia foi avançada pelo Jornal de Noticias, com base nos relatórios de contas das autarquias envolvidas no processo de construção de estádios para o Euro 2004, que Portugal veio a perder na final e que foi tido como um exemplo organizativo.

Descomplicador:

Várias autarquias ainda têm diversos milhões de euros de dívida devido aos estádios construídos para o Euro 2004, há catorze anos atrás. A autarquia de Leiria lidera a lista com 34,8 milhões de euros.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *