Maria Begonha eleita com 72% dos votos

Maria Begonha conquistou as eleições da Juventude Socialista numa corrida que enfrentou sozinha, apesar das várias polémicas que envolveram a sua candidatura. 

A sucessora de Ivan Gonçalves foi eleita com 72% dos votos dos delegados presentes no Congresso Nacional da Juventude Socialista, que decorreu em Setúbal, nos dias 14, 15 e 16 de dezembro. 

Do universo de 228 votos, 165 votaram a favor da candidatura de Maria Begonha, tendo sido registados ainda 47 votos em branco e 16 votos nulos. Maria Begonha torna-se assim a 13ª presidente da Juventude Socialista e a terceira do sexo feminino. 

O congresso decorreu debaixo de polémica, devido às irregularidades no currículo de Maria Begonha, que levaram à apresentação de uma providência cautelar, bem como de um requerimento à mesa do congresso para a interrupção dos trabalhos. 

Pedro Nuno Santos, Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, foi a voz socialista que entrou em defesa de Maria Begonha durante o congresso, numa intervenção que arrancou fortes e longos aplausos e onde frisou, mais que uma vez, que, “Maria Begonha não mentiu no currículo”. 

O presidente do partido, Carlos César, foi o responsável por encerrar o congresso, que registou a ausência do Secretário-Geral e Primeiro-Ministro, António Costa, que enviou apenas uma mensagem em vídeo. 

Descomplicador: 

Maria Begonha foi eleita presidente da Juventude Socialista com 72% dos votos dos delegados, num congresso que sofreu várias tentativas de impugnação. 

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *